Fundos

DRT - Documentos Resistência Timorense - Agostinha Sarmento Viana

Agostinha Sarmento Viana, código Keu Kolik, concluiu a quarta classe em 1974. Foi Vice Secretária da OPJT (Organização Popular de Juventude Timor) e fez parte também da OPMT (Organização Popular da Mulher Timor). Foi também responsável pela guarda de toda a documentaçaõ do seu marido, Agílio Joanico (Aimanas Lotuk), Primeiro Vice-Secretário da Zona Soibada. No dia 31 de Maio de 2019, entregaram um conjunto de documentos na residência da Chefe do Suco de Salau, Jesuina do Rosário, constituído por: Um manual de campanha para o Referendum; Um documento de Libertação emitido pela prisão da Polícia indonésia de Dili, após cumprir tempo de prisão; Uma carta de autorização do Comandante do Posto de Nanggala de Manatuto para o seu regresso, e de um conjunto de pessoas, á sua terra, Soibada; Um cartão de identificação emitido pela FPI para a campanha do Referendum; Um mandado de libertação emitido pelo Comandante da Polísia de Manatuto; Um Acordo da Paz e Estabilidade assinado em Junho de 1999, Jakarta pelo Comando da Luta, Kay Rala Xanana Gusmão e líderes pró Integração; Carta Magna da Convenção do CNRT em Peniche de 1998; Códigos de Conduta das Nações Unidas para os participantes no Referendum; Mensagem da Solidadariedade da Frente Política Militar/Frente Armada para com os responsáveis da Frenta Armada e Frente Clandestina; Um documento explicativo da natureza do processo de Outonomia e Independência; Documento da reunião DARE II (Sorumutu ba dame neon ida deit), em versão portuguesa e indonésia; Um documento da Câmara Eclesiástica de Dili comentando o artigo, publicado no jornal STT (Suara Timor-Timur) de teor pró-Integracionista, da autoria de Basílio Araújo; Uma cassete contendo música da Resistência.

Lista de Fundos

Voltar