Fundos

DRT - Documentos Resistência Timorense - Tuloda (Em tratamento)

Paulo Alves Sarmento, código Tuloda, nasceu a 6 de fevereiro de 1957 na aldeia de Laclo, suco de Aitemua, posto administrativo do Turiscai, município de Manufahi. A sua participação na luta teve início em agosto de 1975. Foi Colaborador da Zona 3, do Comité Central da FRETILIN, entre 1975 e 1979, e Secretário da Região I da Frente Política Interna. Foi membro da Assembleia Constituinte e deputado do partido que ajudou a construir, o Partido Democrático, após a restauração da independência a 20 de maio de 2002. A primeiro entrega teve lugar em Julho de 2002, cuja documentação se encontrava à sua responsabilidade, em Nasuta, Gleno, tendo sido depositada na Associação dos Veteranos da Resistência de Timor-Leste, em Taibesse. Este conjunto é constituído por três sacos, dentro dos quais os documentos se encontravam, geralmente em pacotes ou pastas e estas, por sua vez, em sacos de plástico. A maioria das cartas tinha sido guardadas com os respectivos envelopes. Com muitos documentos repetidos. Este grupo de documentos, que se encontrava em Taibesse, é constituído por 1 caderno com o recenseamento da Sub-Região 7 de Dezembro/Zona Lahili 12/11 de1999, Guias de Remessa, Circulares, recortes de imprensa e documentação sobre a educação, a estrutura, os refugiados e da UNTAET, datada de 1999/2000. Numa segunda entrega, o núcleo documental integra: • Documento de tratamento médico prestado a David Alex-Daitula. • Documento sobre a visita da Delegação Parlamentar Portuguesa (DPP) • Relatório das atividades da Região 3-Cruzeiro. • Documento da nova Estrutura da Frente Política Interna. • Correspondência de Tuloda como Secretário da Zona Nicolalo Lobato. • Cartas de Xanana Gusmão. • Jornal Diário de Notícias contendo notícia da Resolução das Nações Unidas sobre a realização do Referendum, apoiada por de Bill Clinton.

Lista de Fundos

Voltar