Diretor Nacional da Unidade Educativa e Cultura Ver mais - Álvaro Rosário Vasconcelos

/documento/foto/1635485763.png

Álvaro Rosário Vasconcelos, solteiro, do sexo masculino, filho de Gastão de Vasconcelos, agricultor, e de Maria Tomásia de Vasconcelos, doméstica, nascido a 27 de Abril de 1962, no suco de Ponilala, distrito de Ermera, Timor-Leste.

  • Frequentou a Escola Primária da missão de Ermera, concluída no ano 1975, ano da Revolução dos Cravos em Portugal.
  • No ano 1979, entra no Seminário de Nossa Senhora de Fátima, Lahane-Dili.
  • Aí frequentou o Ciclo Preparatório, Ciclo Liceal e Ciclo Complementar, na Escola  do Externato de S. José, Balide em Dili.
  • Em 1986 finalizou o Ciclo Complementar, na Escola do Externato S. José Balide, Dili.
  • No mesmo ano, concorreu para Funcionário Público, tendo sido admitido  na Repartição do Governo Indonésio, no “Kanwil Departamen Penerangan” onde exerceu funções até 1999.
  • Paralelamente, continuou os estudos na Universidade Nacional de Timor-Leste (UNTIM).
  • No ano 1991 foi perseguido, capturado e torturado pelos militares indonésios, por ser activista e ter participado nas manifestações de Taci-Tolu, na visita de Santo Pe. João Paulo II, 1989; na visita do Embaixador  dos Estados Unidos, John Monjo, no dia 17 de Janeiro do ano 1990, e na manifestação de Santa Cruz, 12 de Novembro de 1991.
  • No ano 1999, em Julho trabalhou na ONU (UNAMET) como intérprete, tendo sido colocado em Saré-Hatólia, Ermera, para o processo de socialização da Consultar Popular.
  • Após a Consulta Popular, com o “Setembro Negro” a assolar  todo o território, foi obrigado a refugiar-se em Kupang, durante um mês.
  • No regresso de Kupang foi trabalhar novamente com a ONU, na área da Comunicação, funções que exerceu até 2004,  momento da retirada da ONU do território e consequente redução dos trabalhadores Internacionais e Locais.
  • Em 2005 exerceu funções de Chefe do Gabinete no Ministério das Obras Públicas.
  • Em 2006 concorreu  novamente para as Nações Unidas e trabalhou como intérprete no apoio às Policias das Nações Unidas (UNPOL), na área da Investigação Criminal, no Quartel Geral de Caicoli-Dili, até ano 2011.
  • No ano 2009 a 2013 frequentou a Universidade de UNPAZ,  aí obtendo a licenciatura em Relações Internacionais.
  • No ano 2011 concorreu para o Arquivo & Museu da Resistência Timorense, onde continua até a data presente.
  • Em 2015 assumiu o cargo de Director Nacional da Unidade Educativa e Cultura.

Educação Formal

  • (1970-1975): Escola Elementária Missão de Ermera
  • (1980-1982): Escola do Ciclo Preparatório no Externato S. José Balide- Dili.
  • (1982-1985): Escola do Ciclo Liceal no Externato de São José, Balide-Dili
  • (1985-1987): Escola do Ciclo Complementar no Externato de S. José, Balide-Dili
  • (2009-2013): Universidade da Paz, Dili

Formação Profissional:

  • 1990: PPSD Sulawesi Selatan, Indonesia
  • 2016: Treinamento em Yogyakarta, Indonesia
  • 2019: Formação no Museu do Oriente em Portugal

Conhecimentos da Língua

  • Inglês (Falar/Perceber/Escrever) : Fluente
  • Indonésio (Falar/Perceber/Escrever) : Fluente
  • Português (Falar/Perceber/Escrever) : Fluente
  • Tétum (Falar/Perceber/Escrever) : Fluente

Conhecimento Informática

  • Proficiente no uso de computador, na óptica do utilizador:
  • Word e Excel;
  • Acesso à internet e uso de E-mail.

Experiência Profissional

  • 1987-1999 - Kanwil Departemen  Penerangan Propinsi Timor- Timur (Kanwil Deppen). Sub. Bagian Kepegawaian; Pers & Penerbitan
  • Julho- Agosto 1999- Intérprete da UNAMET (United Nations Mission in East Timor) em Ermera-Hatolia.
  • Outubro de 1999- Maio de 2001 - Exerce funções na Seção de Tecnologia da Informação e Comunicação (Logística) na Armazém, Base de dados, pedido de material.UNTAET (Organização das Nações Unidas para a Transição da Administração em Timor-Leste) em Dili
  • Maio de 2001 – Agosto de 2002 - Exerce funções na Secção de Tecnologia da Informação e Comunicação, operador de comunicações, na UNMISET (Missão das Nações Unidas de Apoio a   Timor Leste) em Dili.
  • Maio de 2002 – Agosto de 2005 - Seção de Tecnologia da Informação e Comunicação.
  • Operadora de mesa - UNOTIL (Escritório das Nações Unidas em Timor-Leste) em Dili
  • Agosto de 2005- Setembro de 2006 - Chefe Gabinete do Ministério das Obras Públicas em Dili
  • Outubro de 2006- 2011 - Intérprete do UNPOL-CIS (Crime Investigação Segurança) / UNMIT no PNTL- HQ, Dili
  • 2011 - Arquivo & Museu da Resistência Timorense (AMRT, IP).
  • 2015 - Assumiu o cargo como Director Nacional da Direcção da Unidade Educativa e Cultura, até a data presente.

Voltar